Você já sentiu que queria jogar tudo para o alto e recomeçar sua vida do zero? Pois é, esse pode ser um dos sinais de que algum aspecto da sua vida não vai bem — seja no âmbito profissional ou pessoal — e é preciso encarar uma mudança de vida.

Mas para transformar nossas vidas, nem sempre é preciso virá-las ao avesso. Muitas vezes, para mudar significativamente, basta olhar para um ponto sob outra perspectiva. Contudo, mesmo que uma decisão pareça pequena, a transformação pode ser imensa!

E para receber e lidar com essas mudanças da melhor forma possível, é preciso se organizar e estar emocionalmente preparada para compreendê-las. Quer entender melhor como? Continue a leitura!

A busca pela transformação

Sabemos que é impossível separar a vida em caixinhas. Tudo aquilo que nos abala na vida pessoal, por exemplo, acaba refletindo em nossa vida profissional e vice-versa. Quando começamos a nos autoconhecer, essas ligações ficam mais claras e conseguimos entender como um ponto crítico se desdobra nas diversas esferas das nossas vidas.

No processo de autoconhecimento, conseguimos ver nossas vidas através de outro olhar, entendendo os problemas como um todo e assim, podemos buscar um trabalho ou uma relação com mais significado e que se alinhe ao nosso verdadeiro propósito.

Somente quando entendemos nossas dores sabemos por onde começar a buscar mais equilíbrio. Por isso, neste artigo vamos te mostrar algumas dicas para se preparar emocionalmente para as mudanças necessárias em nossas vidas, e como lidar com elas da melhor forma. Acompanhe.

Tenha clareza nos objetivos a serem conquistados

Já percebeu que tudo fica mais claro quando traçamos planos concretos e colocamos as metas na ponta do lápis? Pode parecer uma dica óbvia, mas escrever nossos objetivos nos ajuda a ter mais clareza e saber por onde devemos começar, colocando metas e prazos para nós mesmas.

Contudo, para identificar e definir os objetivos com clareza, é fundamental buscar o autoconhecimento antes. Afinal, uma vez que você descobre o que realmente lhe traz significado, fica mais fácil determinar os passos que devem ser dados para encontrar uma realização verdadeira.

E lembre-se: quando não temos prazos e objetivos claros, as coisas acabam não saindo dos planos, por isso, é preciso colocar o planejamento em prática! Trabalhe firme todos os dias para que os objetivos definidos por você sejam alcançados, e tome cuidado com a autossabotagem.

Prepare-se para sair de sua zona de conforto

Você já tem planos, metas e prazos, mas nunca consegue começar a realizá-los ou sair de onde está… Essa situação lhe parece familiar? Parece clichê, mas você pode estar na zona de conforto e precisa reconhecer isso.

Os maiores problemas que enfrentamos ao tentar sair dessa zona conhecida são o medo e a falsa sensação de conforto. Mesmo quando tomamos consciência — ou sabemos bem lá no fundo — que algo está errado ou que estamos infelizes, é difícil dar um passo para o desconhecido.

Porém, não existe mudança sem sair da zona de conforto, e nesse processo você provavelmente terá que se arriscar e fazer coisas que não fazia antes.

Por isso, para vencer o medo de mudar aos poucos, comece experimentando novas coisas, como cursos e workshops na área que você gostaria de atuar, por exemplo. Identifique também quais comportamentos seus lhe incomodam e como você gostaria de se desafiar a mudá-los.

Assim, mesmo que os passos pareçam pequenos ou insignificantes, aos poucos você estará caminhando com mais facilidade em direção à mudança que quer realizar.

Tenha consciência dos pontos positivos e negativos

Você quer muito mudar, mas para uma transformação pessoal bem-sucedida — e sem arrependimentos — é preciso estar consciente sobre os pontos positivos e negativos que ela possui.

Assim como e etapa de traçar planos e colocá-los no papel, a dica aqui é dividir uma folha ao meio e escrever todos os pontos positivos e negativos sobre a mudança que você tem em mente.

Analisando assim, fica mais fácil calcular o peso dos prós e dos contras e os planos deixam de ser apenas ideias e podem ser observados de fora, tornando-se parte de um processo racional.

Além disso, com esse exercício você pode antecipar algumas dúvidas que possam aparecer durante o caminho e tentar solucioná-las antes — ou modificar alguma etapa —, para que as dificuldades não lhe façam desistir ou voltar atrás.

Saiba comunicar o que você realmente quer

Sua transformação pessoal deve ir de encontro às suas paixões e verdadeiras motivações. E para isso, é preciso entender que ela não depende da aprovação de que convive com você, seja sua família, amigos ou cônjuge.

Sem dúvidas, o apoio das pessoas que amamos durante os processos de mudanças é muito importante, principalmente, para nos motivar e encorajar a seguir em frente.

Entretanto, se em alguma hipótese ou esfera isso não for possível, saiba reafirmar suas vontades e determinações por meio de uma comunicação não violenta, isto é, comunicando o que você quer de forma autêntica e transparente, sem se deixar abater pela falta de falta de aprovação de terceiros.

Para mudar, também é preciso estar disposto a enfrentar novos desafios sem retroceder ou fugir de situações que nos tiram da zona de conforto. Nem todo mundo vai entender seu processo de transformação, mas saiba comunicá-lo de forma leve, porém decidida, colocando limites sobre o que o outro pode ou não intervir na sua vida.

Busque o apoio de profissionais para a mudança de vida

Para ajudar em todas as dúvidas e percalços que possam surgir durante seu processo de transformação, buscar e contar com o apoio de profissionais é fundamental.

O coaching, por exemplo, possui vários nichos de atuação, e dentre todos eles, é possível encontrar um profissional que além de suporte emocional, também poderá lhe ajudar com ferramentas práticas que ajudam na busca pelo autoconhecimento, passando pela descoberta das suas verdadeiras paixões, propósito e motivações.

O papel do coach é ser um guia para o bom uso de ferramentas como o eneagrama ou o mapeamento de perfil comportamental, cujo objetivo é nos ajudar a descobrir nossos principais valores, talentos, habilidades e até mesmo sabotadores. .

Além de fornecer suporte, ferramentas e apoio emocional durante a transformação pela qual queremos passar, a ajuda profissional também pode lhe ajudar a conquistar a autoconfiança para seguir em frente e encarar as mudanças de vida positivamente.

Agora que você já aprendeu algumas dicas sobre como se preparar emocionalmente para grandes mudanças, que tal compartilhar este artigo nas suas redes sociais e ajudar outras pessoas que também possam estar em um momento de transformação?

Shares
Share This