A gente sabe: seja por cansaço, frustração ou estresse, a vida pode não parecer fácil, e muitas vezes nosso ânimo simplesmente desaparece. Talvez você já se sinta mal há um tempo; talvez aconteça só em alguns dias. Então, o que fazer para se sentir melhor?

Em primeiro lugar, é importante aceitar e identificar os sentimentos que te causam angústia. É tristeza? Raiva? Você precisa descansar? Tem algum motivo específico? Na verdade, permitir que seus pensamentos e sentimentos fluam já é um grande passo.

Assim, consciente da sua situação, você pode começar a fazer algumas coisas para melhorar o ânimo. Isso vai refletir na forma como você se relaciona nas diferentes áreas da vida, como com a família ou com o trabalho e carreira. Então, para te ajudar nisso, no post de hoje listamos oito coisas que você pode fazer para se sentir melhor e transformar um dia ruim em bom. Continue lendo e confira!

1. Movimentar seu corpo

Quando nos sentimos tristes, a última coisa que queremos é fazer exercícios ou sair de casa, não é? Mas a atividade física não se resume só à academia ou corrida. Você já pode começar a mexer o corpo com alguns alongamentos básicos e atividades domésticas mesmo.

Experimente se esticar o máximo possível e sentir cada nervo e músculo do corpo acordar. Dá para fazer isso mesmo na cama, ou em qualquer lugar em que você estiver. Você verá que, no mesmo instante, seu corpo começará a se ativar.

Outra forma de colocar o corpo em ação, sem precisar de muito esforço, é se propor a fazer alguma atividade doméstica com o máximo de concentração possível, como cozinhar ou arrumar o armário, por exemplo. Essa é uma forma de se movimentar e dedicar a mente a algo simples — e, no final, você ainda vai ter alguma tarefa pronta ou uma comida gostosa.

2. Tomar um banho e vestir sua roupa favorita

Sabe aquele dia de spa? Dá para fazê-lo em casa, e não precisa gastar o dia inteiro, não! Tente, por exemplo, tomar um banho mais caprichado, com todos os esfoliantes e cremes que você tem direito. Você vai ver que só isso já dá uma levantada no ânimo.

E vale também escolher sua roupa favorita para vestir, mesmo que não tenha nenhum compromisso fora de casa. Vista a roupa que te deixa mais bonita, ou aquela peça com a qual você se sente confortável.

Tente dedicar sua atenção exclusivamente a essas tarefas — tomar banho e se vestir. Esse será um tempo de qualidade que você passará consigo mesma, e que poderá melhorar sua autoestima instantaneamente.

3. Falar com alguém com quem você não fala há um tempo

Sabe aquele parente que você gosta muito, mas não vê há certo tempo? Ou aquela amiga com que você perdeu contato? Pode não parecer, mas dar um “oi” ou ligar para eles só para saber como estão já pode ajudar você a se sentir melhor e se desligar dos seus problemas um pouco.

Além disso, conversar sobre qualquer coisa com alguém, sem preocupações, ajuda a levantar o astral, mesmo que à distância. Além de trazer lembranças boas e saber que tem alguém que gosta e se lembra de você.

4. Passar um tempo com sua família ou pet

Ficar com quem você ama nunca é demais! E para ter tempo de qualidade não é necessário passar muitas horas na companhia de uma pessoa — basta que se aproveite cada minuto perto dela.

Então, converse com seu filho, companheiro(a), pai, mãe, ou seu pet. Se quiser, fale sobre seus sentimentos; mesmo que eles não entendam, pode ter certeza que te ouvirão. E, só de falar sobre o que você sente e pensa, já ajuda um bocado! Com certeza, você já se sentirá mais leve.

Mas, caso você não queira falar, tudo bem! Afinal, abraçar e estar junto de quem você ama já é mais do que suficiente, não é mesmo?

5. Começar a pensar em si como uma pessoa que você ama

Em vez de sentir autopiedade — o que não é saudável, e pode ser até paralisante — comece a praticar a autocompaixão. Sabe aquela história de “amar a si mesma”? Pois bem, não se trata apenas de gostar da própria imagem ou personalidade. Diz respeito também a praticar a gentileza consigo mesma.

Um jeito de fazer isso é imaginar que você é outra pessoa, como um familiar ou companheiro, por exemplo. Nesse caso, como você trataria uma pessoa que você ama e que estivesse na sua situação? A resposta indicará a forma como você pode lidar com seus próprios problemas.

Pode observar: tratamos as pessoas que amamos com mais flexibilidade, sem tantas cobranças e críticas. Por isso, sendo mais compreensiva e gentil consigo mesma, com certeza seus problemas vão parecer menores e você vai se sentir melhor.

6. Elencar os seus pontos fortes e qualidades

Comece relembrando sua trajetória profissional.

Se você ocupa determinada posição no momento, é porque tem algumas qualidades excelentes. Então, sabe aquela tarefa difícil que você conseguiu cumprir? Ela mostra sua perseverança e competência. Lembra daquele elogio que o seu colega te deu? Com certeza, continua valendo.

Após listar tudo, pense em como você pode usar tudo isso para melhorar a sua vida. Mentalize um sonho que você tenha, por exemplo. Como trabalhar com seus pontos fortes para realizá-lo?

7. Listar coisas e pessoas que te incomodam

Essa também é uma ótima estratégia para identificar o que está fazendo mal a você. Portanto, coloque no papel tudo o que deixa você chateada, e os motivos pelos quais isso acontece. E o mais importante: comece a pensar em como você pode mudar essa situação.

Para isso, trace estratégias simples, como conversar sobre o comportamento tóxico de uma pessoa, por exemplo. Aqui, vale até questionar no trabalho a forma com que algumas coisas são feitas, e como melhorar isso.

Se o problema é seu trabalho, comece a pensar em um plano para sair dele ou encontrar outro melhor. Lembre-se de que sempre há uma solução para tudo. Afinal, coisas boas não duram para sempre, assim como as ruins. Tudo vai passar e mudar com tempo.

8. Fazer planos (mesmo que não pareçam os melhores)

Agora, sabendo seus pontos fortes e o que te incomoda, fica bem mais fácil saber o que precisa ser feito para melhorar a sua vida. Então, pense em algo que você sempre quis fazer, e tente idealizar como isso pode ser feito; coloque no papel suas ideias, e comece a pesquisar sobre o assunto. Aos poucos, as coisas vão ficar mais claras e seus planos vão ganhar forma.

Se quer empreender, busque cursos e estudos sobre a área que você almeja. Verifique quais os seus principais obstáculos e elabore soluções para eles. Se tem medo de perder renda, por exemplo, faça um plano de economia e investimentos. Se o problema é a falta de estabilidade, se aprofunde em treinamentos, ou procure uma consultoria.

Na verdade, nem todo plano parece perfeito no início, mas, como já dissemos, você pode melhorar tudo com o tempo. O importante é dar o primeiro passo e pensar estratégias para realizá-lo.

De fato, não é fácil lidar com a tristeza e a frustração — ainda mais em um mundo que está sempre nos cobrando o máximo possível. Ainda assim, com um pouco de gentileza, apoio de outras pessoas e ações positivas, é possível se sentir melhor em curto e longo prazo. E, quanto a isso, aceitar seus sentimentos já é um grande começo para mudar a situação e melhorar a vida!

E aí, gostou das nossas sugestões sobre o que fazer para se sentir melhor? Deixe-nos o seu comentário, e nos conte o que achou e o que você faz para levantar o ânimo!

Shares
Share This